terça-feira, 21 de junho de 2016

Encerramento do Projeto "Cidadania e dignidade: os paradigmas da pobreza" (EECCAM)

A pobreza é um dos agravantes que podem contribuir para a não dignidade dos milhões de cidadãos que estatisticamente estão inseridos nessa condição. Sabe-se que muitos desses indivíduos estão privados das condições básicas e primordiais para uma vida digna assegurada pela Constituição Federal Brasileira. De acordo com o art. 6o São direitos sociais, a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição. Dessa forma, é salutar abordar o tema Cidadania e dignidade: os paradigmas da pobreza, pois embora seja um fator bastante discutido pelas ciências sociais e filosóficas, faz-se necessário requerer uma reflexão pertinente por parte dos alunos do ensino médio, além de fazer uma aproximação dos pensamentos filosóficos para com a realidade vigente.
Com a finalidade de encetar essa reflexão, o PIBID de Filosofia que atua na EECCAM promoveu neste último 14 de junho um Diálogo Filosófico junto aos alunos do ensino médio daquela instituição. O evento contou com a participação de Pe. Manoel Pedro Neto, presidente da Cáritas de Caicó; Prof. Dr. José Teixeira Neto, coordenador de área do PIBID/Filosofia e professor na Universidade do Estado do Rio grande do Norte e Priscila Medeiros, assistente social e coordenadora de vigilância sócio assistencial da Prefeitura Muncipal de Caicó.


Encerramento do Projeto "Fórum de debates: Pobreza e educação, Sexualidade e Mercado de trabalho" (EECCAM)

Aos dezesseis (16) dias do mês de julho de dois mil e dezesseis (2016), realizou-se a Culminância do Projeto Fórum de debates: Pobreza e educação, Sexualidade e Mercado de trabalho, na Escola Estadual Calpúrnia Caldas de Amorim, ao qual foi debatido o primeiro ponto “Pobreza e Educação”.
Este foi realizado com a presença dos alunos dos 2os e 3os anos do turno matutino, em que mediaram a apresentação; o professor colaborador que supervisionou toda a ação, Suédson Relva Nogueira; os pibidianos que formam o subgrupo da EECCAM que colaboraram para a realização do projeto, Klédson Tiago Alves de Souza, Marcos César Bezerra Soares da Silva, Maria Karoline Xavier, Raiane Kelly dos Santos Medeiros e Thomas Jefferson de Farias Ferreira; e os participantes convidados: José Teixeira Neto (coordenador do PIBID), Nadja Damasceno (Diretora da ECCAM), Rosemária Santos da Costa (supervisora),  Rovanildo de Oliveira (Morador do Bairro Frei Damião) e os alunos dos 2os e 3os anos vespertino, convidados a participarem do debate.
O encontro de culminância se deu nos seguintes passos: inicialmente foi apresentado o projeto, seus objetivos, justificativas, cronograma e propostas a serem desenvolvidas, em seguida comentamos sobre os dados da pesquisa feito in loco na Escola Municipal Frei Damião. Após a exposição dos resultados da pesquisa, apresentamos o jovem Rovanildo Santos, universitário, ex-alunos da EECCAM e segundo a Coordenadora Nadja, da Escola Frei Damião, um dos primeiros alunos daquela comunidade a entrar em um nível superior. Após suas palavras houve várias indagações acerca de sua trajetória de vida, entre tantas falas destacamos uma frase que diz “viver em situação de pobreza ou possui certo grau de escolaridade não pode constitui-se como elemento definidor de pessoas, o que as define é sua força de vontade e os ensinamentos familiares”. Finalizando, a palavra foi passada a Diretora da EECCAM, ao coordenador do PIBID e aos demais que desejasse contribuir.


sexta-feira, 17 de junho de 2016

Encerramento do Projeto “Reflexões sobre a pobreza e a educação no cordel” na Escola Estadual Antônio Aladim de Araújo (EEAA)

No dia dezesseis de Junho de dois mil e dezesseis aconteceu no EEAA, a culminância do projeto “Reflexões sobre a pobreza e a educação no Cordel” que teve a presença do Coordenador do PIBID-UERN José Texeira, Diretor da 10º DIREC Sérgio, Coordenadora pedagógica da Escola Antônio Aladim Lenilda Fernandes e da Diretora da Escola Maria Gilda e os alunos da terceira série do ensino médio na qual trabalhamos na construção do cordel. A reunião começou com a introdução explanada pelo bolsista Fernando Henrique explicando qual a proposta do projeto “Por que podreza? Educação e Desigualdade, logo após cada convidado teve a oportunidade de falar de acordo com a temática. Em seguida os alunos Fábio Victor e Mayara Fernandes recitaram o cordel que produzimos neste período, conclui-se que foi um momento construtivo para todos que tiveram envolvidos nesse desafio. O projeto incentivou na participação ativa e na construção do pensamento reflexivo dos discentes em sala de aula, por ressaltar problemáticas filosóficas inseridas no assunto que não é tão atual na sociedade, mas que deve ser referenciado. Avalia-se, que foi de grande importância discutir o tema por demostrar a repercussão das consequências que podem interferir nas relações de convívio social não só das camadas mais baixas. Um dos objetivos que buscamos alcançar se deu efetivamente durante as discussões do projeto, foi por um diálogo construtivo entre os alunos e os bolsistas aonde foram propostas soluções para reverter a situação entre desigualdades que se encontram inseridas em âmbito mundial e principalmente na região de onde vivemos.


Encerramento do Projeto “Pobreza: uma dimensão social” na escola campo Centro Educacional José Augusto (CEJA)

A culminância do Projeto “Pobreza: uma dimensão social” se deu aos dias quinze de junho de dois mil e dezesseis, realizada com as turmas de 2ª séries “A” e “B”, do turno matutino, na escola Centro Educacional José Augusto (CEJA). O projeto foi elaborado pelos bolsistas Ângela Souza de Medeiros, Diego Vinícius Brito dos Santos, Erivan Marcos Nonato da Silva, Joseane Maria dos Santos e Julliana Araújo da Silva, sob orientação do coordenador de área José Teixeira Neto e Serjane de Queiroz Vale Dantas. O encerramento aconteceu da seguinte maneira: para o primeiro momento convidamos um dos representantes da Cáritas Diocesana de Caicó, o senhor Francisco das Chagas e Silva, e o senhor Alcino, presidente da associação dos catadores de materiais recicláveis de Caicó/RN. Ambos realizaram uma palestra sobre o Projeto dos Catadores, que colaboram com a limpeza de nossa cidade de modo sustentável. Em seguida, nos utilizamos do kit pedagógico “Pizza Filósofica”, elaborado pelos pibidianos, este kit serviu para nortear um debate acerca da temática abordada no Projeto associando-a ao filme “Mãos Talentosas”, exibido em sala de aula, assim como à realidade do alunado. Para finalizar, demos a palavra ao coordenador de área e à exposição de alguns trabalhos realizados pelas turmas. A tentativa do projeto se deu em construir uma nova visão no aluno a respeito do tema “desigualdade” associado à “pobreza”, essa construção se baseia numa questão mais humana e reflexiva.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Reflexões sobre a pobreza e a educação no cordel



Projeto em desenvolvimento com alunos do 3º ano matutino da EEAA, pelos bolsistasAndresa Medeiros de Azevedo, Beatriz Cristina Silva Araújo, Fernando Henrique Ferreira Dantas, Flávio Vasconcelos de Oliveira, Raíssa Santana dos Santos e supervisionado por Ms. Emerson Araújo de Medeiros e coordenado por Prof. Dr. José Teixeira Neto. O projeto se justifica mediante a necessidade de se trabalhar a temática pobreza e educação de modo aprofundado com os alunos do ensino médio e valorizar um tipo de literatura regionalista (cordel) a partir da realidade social, educacional, política e econômica brasileira.

  PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES DO PIBID FILOSOFIA UERN CAMPUS CAICÓ (Edição 2020-2021) Nesta terça-feira, 24 de novembro de 2020, aconteceu a...