terça-feira, 12 de setembro de 2017

Recomendações práticas para jovens pesquisadores



Este livro é resultado da dissertação de Mestrado de Érica de Cássia Ferraz, orientada pela Profa. Dra. Ana Luiza Navas, realizada no programa de Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, entre os anos de 2013 e 2015.
O material foi desenvolvido a partir do interesse pessoal e profissional das autoras, pensando nas dúvidas e dificuldades dos envolvidos no processo de comunicação científica (autores, avaliadores e editores), desde a preparação até a publicação de um manuscrito. A intenção foi elaborar um material prático, de acesso e leitura fáceis, para auxiliar pesquisadores iniciantes no planejamento de seus artigos para submissão, assim como orientá-los em relação aos trâmites do processo de avaliação e publicação do material (como responder aos avaliadores e editores), além de recomendar materiais de consulta na área da Saúde da Comunicação Humana.
As sugestões foram baseadas na experiência das autoras, e as recomendações foram fundamentadas pela literatura específica, indicada e referenciada no livro. Essas recomendações foram embasadas pelas respostas de autores e potenciais autores, avaliadores e editores de periódicos científicos da área da Saúde da Comunicação Humana a um questionário elaborado especialmente para a pesquisa, com perguntas de múltipla escolha, em relação às diversas etapas do processo de preparação e publicação de artigos científicos. O livro apresenta a visão dos autores e as impressões de avaliadores e editores em relação aos mesmos aspectos e contêm, ainda, indicações de leitura (livros e sites) sobre “artigo científico” e assuntos relacionados, e de revistas científicas para consulta e publicação.
As sugestões de estilo e formatação foram baseadas em revistas da área da saúde, já que cada área do conhecimento costuma adotar padrões diferentes. As recomendações específicas, como sugestão de periódicos, dúvidas de autores, comentários de avaliadores e editores foram baseadas na área da Saúde da Comunicação Humana. (Apresentação, p. 13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

  III Seminário Ensinar e Aprender na Educação Básica “Que fazer, enquanto educadores, trabalhando num contexto assim? Há mesmo o que fazer?...